Minha experiência voando com a empresa aérea TAP

Olá, pessoal!!! Dessa vez eu chego com um assunto bem diferente, mas que é igualmente importante em uma viagem… ainda mais quando sua viagem toma algumas horas das suas férias… a escolha da sua empresa aérea… sim, não adianta ir pela mais barata, porque seu voo pode reservar surpresas bastante negativas…

Não tô aqui para puxar a sardinha de ninguém… esse post tem o caráter de informação e para efeito de registrar minha opinião… pode ficar tranquilo, se um dia eu escrever a respeito de algum tema patrocinado (tomara que eu escreva muitos temas patrocinados… rsrsrs), vocês leitores serão os primeiros a saber…

Acontece que eu achei importante tocar nesse assunto… a gente fala de hospedagem, de lugares pra comer, de lugares para buscar diversão, então por que não falar das empresas aéreas??

dsc_0599

Eu sou meio “antiguinho” (vocês podem me chamar de vintage) nesse assunto de voar, comecei ainda pequenininho com as extintas Vasp, Varig e Transbrasil… naquele tempo era outra coisa voar… mas nos recentes tempos cheguei a conhecer os serviços da Lan (atual Latam), United, Tam (também Latam), American Airlines, Gol, Azul, e Aerolineas Argentinas… e estava bem acostumado a fazer percursos mais pelas Américas… se você prestar um pouquinho de atenção na minha lista, perceberá que essa é a minha ordem de preferência das empresas aéreas…

Mas e para a Europa, qual a melhor escolha? Confesso que li muito a respeito… ouvi bastante gente conhecida falando, e na maioria das vezes, os voos mais comuns para o Velho Continente, desde que você não opte por um voo direto, seriam via Espanha, pela empresa Iberia, via Inglaterra, com a Delta/Gol/Tam, ou via Portugal pela TAP… claro que existem outras empresas, algumas até mais chiques… por isso destaco os roteiros mais populares, em questão de valores e caminhos…

No meu caso, a escolha pela TAP veio com um pezinho atrás… alguns amigos desaconselhavam a escolha… e devo confessar que, num primeiro momento, quando a gente quer economizar qualquer centavinho, a TAP era a opção mais barata…

dsc_0055

No total foram quatro voos… e acho que fica mais fácil falar aqui de cada etapa… sendo a primeira a partir do Brasil por Guarulhos até Porto em Portugal… bom, a ida foi num Airbus A330… não que isso tenha algum significado especial… pense nesse avião como um avião pra cerca de 250 passageiros, daqueles com três séries de fileiras, uma em cada lateral, com dois lugares, e a fileira central, com 4 assentos… é gente à beça… mas eu devo confessar que sou super fã desses bichões imensos… você decola, aterrissa, e não sente absolutamente nada… bem diferente dos aviões menores, que assim que encontram uma nuvem mais branquinha balançam até a sua alma… rsrsrs…

Com isso dito, devo dar um destaque especial ao atendimento… tanto aqui no Brasil, como nessa primeira “perna” da viagem, sempre foi de primeiríssima… a atendente aqui de Guarulhos foi super simpática, fez até piadinha com o peso da mala… e a equipe de comissários também foi super prestativa… tinham sempre um sorrisão no rosto, o que ajuda, quando você passará ao lado de pessoas desconhecidas por mais de 9 horas…

Ah… aqui vale a primeira dica importante… pelo menos na minha opinião… gente, quando você vai fazer uma viagem grandona, de muitas horas, precisa estar com o coração aberto… mesmo que você tenha medo de voar, e odeie estar ao lado de outros seres humanos… mantenha o bom humor e tente relevar tudo o que você consideraria normalmente desagradável… vá por mim, isso ajuda pra caramba… fazer uma viagem ao lado de gente emburrada deixa qualquer um estressado… e sem contar que, quando você se desliga dessas coisas chatas, o tempo passa mais rápido, o filme de bordo fica mais divertido, e até a comida destemperada do avião fica mais gostosa… então, se vai viajar, tente manter o bom humor… isso vai contar muito no restante da sua viagem.

O que vale ser dito do voo… bom, o entretenimento é de primeira, ótimos filmes, sempre com legenda em português ou dublados (mesmo que seja no português de Portugal), muitos jogos, séries de TV, excelente seleção musical… o espaço, mesmo para um cara super dimensionado, como eu, funciona, desde que você não pense muito no assunto… e a comida, bom, foram duas refeições em um roteiro de nove horas… uma janta e um café da manhã… talvez tenha ficado um pouco a desejar, por oferecer carne ou peixe, para alguém que não come carne… mas no geral as quantidades foram bem satisfatórias… não é uma comida fantástica, mas uma boa comida de avião.

dsc_0020

dsc_0028

Nossa conexão tinha uma espera de 3 horas para seguirmos rumo a Paris, ainda com a TAP… e o segundo voo já foi possível perceber algumas mudanças razoáveis… pra começar, tratava-se de um Airbus A319… um avião para cerca de 120 pessoas… com uma fileira de 3 assentos em cada lateral… um avião menor, mas que nessa segunda etapa fez bem o seu papel… fizemos um voo suave e quase sem sentir a decolagem ou a aterrissagem…

Novamente o pessoal de bordo foi super educado, mas se deixou levar pelo estresse de alguns passageiros…

dsc_0146

dsc_0124

dsc_0648

Ah… aqui vale uma paradinha… bom, meio chata… durante essa viagem eu tive contato com gente de vários cantos do planeta… e os mais emburrados e mal educados foram os asiáticos e os portugueses… o pessoal do voo (passageiros) quase bateram na gente quando reclinamos os assentos… outros queriam guardar os casacos no compartimento interno, e não queriam mais nenhuma bagagem com suas blusas… e no geral estavam sempre emburrados e resmungando algo… espero poder retornar a Portugal em breve e corrigir essa minha opinião… até quanto às minhas fotos ou vídeos… de todos os lugares por onde passei, fotografei e gravei vídeos, somente em Portugal vieram mandar que eu parasse… com um pretexto fraquérrimo, diga-se de passagem… eu estava registrando as pessoas “a trabalhar”, e não podia… enfim… ainda bem que só passei algumas horas por lá… rsrsrs

Bom, um voo menor implica em você não ter entretenimento de bordo, mas tem direito a uma rápida refeição… para uma viagem de três horinhas, dou-me por satisfeito… ponto pra lá de positivo para os comissários, principalmente quando socaram várias malas sobre os casacos de alguns passageiros folgados (aqueles que falei no parágrafo anterior), e largaram todos eles resmungando sozinhos… foi tão lindo de ver… rsrsrs

dsc_0032

dsc_0031

dsc_0030

dsc_0563

Na volta, nosso trajeto foi um pouco diferente… saímos de Berlim, na Alemanha, rumo a Lisboa, em Portugal, e depois rumo a Guarulhos, no Brasil… a atendente de Berlim deu uma estressada com nossa bagagem, isso porque aprendemos que o peso das malas é um ponto muito chato em qualquer viagem, e faz quase uma década que sempre levamos uma balança (daquelas de viagem, mesmo) conosco… mesmo assim, precisávamos nos livrar de 3 quilos… bom que tínhamos pouca bagagem de mão…

dsc_0098

No rápido trajeto entre Berlim e Lisboa nada muito diferente quanto ao humor dos outros passageiros… creio que eles estavam muito mais chateados com o final da viagem do que a gente… mas tirando o espaço ainda menor entre os bancos, até que a viagem não foi tão ruim…

Um pouco mais chata foi a etapa de volta ao Brasil… mais 9 horas e meia de muita prova de paciência… dessa vez o voo não foi tão tranquilo, com mais turbulência… e, por mais chato que possa parecer, a Europa deve ter mexido com a flora intestinal de muita gente, já que o banheiro foi o ponto mais concorrido durante todo o voo…

dsc_0589

Enfim, depois de quatro etapas, e mais de 24 horas dentro das aeronaves TAP posso dizer que a escolha não é totalmente ruim… como já disse, voar exige uma dose extra de paciência, boa vontade, educação, e disposição… mas na questão qualidade do serviço e segurança no ar, achei que a TAP merece uma nota bem alta… em todos os momentos, ao menos dentro dos aviões fomos muito bem tratados, o entretenimento, como já destaquei, é de primeira linha, a comida é bem passável (calma, isso é muito bom, ainda mais vindo de alguém como eu… rsrsrs), e o espaço serve ao menos pra deixar metade do seu corpo formigando… mas para a próxima vez, confesso que passo a considerar a TAP como uma opção bastante aceitável…

dsc_0646

Ah, e naquela minha lista, acho que ela entra ali, entre o terceiro e o quarto lugar… o que é excelente pela experiência geral que ela proporcionou… enfim, uma empresa aérea que me conquistou… e por isso merece os parabéns!!!

Aeronave taxiando e decolando a partir de Lisboa… vem com a gente… 

Mas e você, já teve alguma experiência com a TAP? Recomenda ou prefere passar longe? Tem alguma dica ou informação? Compartilhe conosco…

Texto e fotos by Ricardo Seripierro.

Acompanhe outras dicas e informações em nosso canal no facebook. Curta #viveajantes. Veja nossa galeria de fotos no Flickr, inscreva-se em nosso novo canal de vídeos no Youtube. Entre em contato, mande suas críticas, sugestões, contribuições via e-mail: viveajantes@bol.com.br  . E não perca nossas postagens. Novo conteúdo todas as semanas.

O que você achou dessa postagem?
  • Incrível (4)
  • Deu muita vontade de viajar (3)
  • As dicas são fantásticas (0)
  • Sensacional (0)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *