Para quem está viajando para Buenos Aires, na Argentina, vale a dica de uma hospedagem bastante razoável. O Duomi Plaza Hotel, localizado na (Rua) Calle Bartolomé Mitre 1480. Reservei o hotel, principalmente por causa das avaliações de internet e por uma sugestão da agência onde fechei minha viagem.

DSCF9581

A princípio parecia um hotel bem localizado e modernizado, com quartos bonitos e confortáveis. Aqui vale uma observação. Acabei verificando in loco diversos hotéis de Buenos Aires, todos da região central, e a máxima é a mesma. Um hall de entrada super bonito, chamativo, moderno e charmoso, mas como costumam ser prédios muito antigos (quem já foi para Buenos Aires conhece seu estilo de arquitetura e de habitações nessa região), os quartos seguem esse jeitão mais antigão. Mesmo com uma pintura nova, TV nova (sim, ainda existem alguns com as TVs de tubo, gigantescas…), sempre haverá alguma coisa que entregará a “idade” do quarto. Pode ser uma sala extra, um banheiro com bidê, um azulejo meio provençal… enfim, a “cara nova” do hall/recepção não significam muita coisa quando você está em Buenos Aires. Mesmo assim, ainda é possível encontrar excelentes opções para passar seu tempo de viagem.

DSCF9562

No geral, é um hotel bem razoável, fica numa região mais central, a duas quadras do Obelisco da Avenida 9 de Julho, e a uma caminhada de distância de alguns pontos turísticos bem bacanas como, além do próprio Obelisco, o prédio do Congresso Nacional, e até mesmo da Casa Rosada. Ao lado do hotel fica uma igreja muito linda, e meia quadra para cima (sentido contrário ao da 9 de Julho) um bom supermercado (para comprar uma água e costuma ter algumas boas promoções em alfajores).

DSCF9357

DSCF9356

Confesso que esperava mais do hotel. O quarto é bacana, mas o chuveiro é fraco (pouca pressão), e o destaque fica para a cama, gigante e muito confortável. Não tenho o que reclamar quanto ao serviço e limpeza. Tivemos um problema com o minibar (frigobar), que não funcionou por 3 dias, e acabamos perdendo algumas compras (doces frios e sorvete) que havíamos feito. Nessa parte, pareceu que não se importavam muito com o nosso problema, pois sempre que conversávamos com o atendente, dava a impressão que ele nunca lembrava da nossa solicitação e fazia nova anotação. Depois desse tempo o problema foi resolvido, mas não ajudou muito…

DSCF9364

DSCF9366

DSCF9354

O café da manhã é bem regular, com algumas opções em pães e frios, alguns doces (com doce de leite, é claro), suco, iogurte, café, chá, cereais e achocolatado. Esperava mais. Vale a pena fugir um dia ou dois e tomar o desjejum num dos cafés próximos. Os croissants (ou média lunas, como são conhecidos por lá) são uma ótima pedida.

DSCF9467

DSCF9468

DSCF9467

O grande ponto negativo… o prédio tem oito andares… eu estava no sétimo, e o restaurante ou refeitório, onde o café é servido, fica no oitavo, então sempre nas horas de refeições (o hotel serve almoço e janta aos interessados) era um barulho infernal de cadeiras arrastando… isso, até cerca de 23 horas… como não passava muito tempo no hotel, acabei relevando, mas em alguns momentos chegava a irritar.

DSCF9466

DSCF9452

O hotel tem uma área com equipamento de ginástica e alguns jogos (ping pong e pebolim), mas não vi ninguém utilizando o espaço durante minha estada. Existe ainda um computador para uso comum no hall de entrada, e a TV a cabo possui boa variedade, incluindo canais brasileiros. O ponto fraco é para o sinal wi-fi, muito fraco em todos os momentos (dica, a internet funciona super bem dentro do banheiro).

DSCF9453

Ahhh… nos últimos dois dias recebemos a incômoda visita de pequenas baratas, por isso evite deixar a bagagem aberta no chão, ou alimentos em locais sem proteção. Isso, mais do que outras coisas, pode afetar a opinião de muita gente quanto a se hospedar no Duomi Plaza. Entendo que é muito chato encontrar insetos dividindo a hospedagem com você, mas para quem já viu coisas muito piores durante acampamentos, ou mesmo em restaurantes 5 estrelas no Brasil, então duas baratinhas não tiram pontos consideráveis da hospedagem. Se este não é o seu caso, pode ser uma boa ideia ficar bem longe deste hotel………

DSCF9465

DSCF9358

DSCF9448

Eu costumo dar muito valor para um hotel que pelo menos ofereça uma boa cama e um bom chuveiro… faltou o bom chuveiro… mas se destacou pela localização. O hotel é super concorrido e durante nossa passagem haviam muitas equipes esportivas (várias equipes de futebol, de tênis, e de atletismo) e excursões de escolas. Sinal de que é bem cotado, no geral…

De verdade, vizinhos ao Duomi, e na mesma região, é possível ver muitos hotéis, alguns até com “cara” muito melhor. Se for o caso, acredito que valha a pena uma pesquisa mais detalhada para encontrar uma opção melhor, mas no geral, é um hotel bastante razoável, para passar alguns dias, caminhar muito e usufruir de todas as opções do seu entorno.

Texto e fotos by Ricardo Seripierro.

Acompanhe outras dicas e informações em nosso canal no facebook. Curta #viveajantes. Veja nossa galeria de fotos no Flickr, inscreva-se em nosso novo canal de vídeos no Youtube. Entre em contato, mande suas críticas, sugestões, contribuições via e-mail: viveajantes@bol.com.br . E não perca nossas postagens. Novo conteúdo todas as semanas.

Veja nossa galeria:

 
O que você achou dessa postagem?
  • As dicas são fantásticas (1)
  • Deu muita vontade de viajar (1)
  • Sensacional (0)
  • Incrível (0)
 

6 Comentários

  1. Valeu pelas dicas…e, como odeio baratas, já risquei esse hotel do meu roteiro…!!!

     
    1. Author

      Olá Julio Araujo! Obrigado pela visita. É… bem… não foi a coisa mais linda da viagem, mas também não foi o fator que estragou o passeio. Se bem que, num lugar assim, não é o tipo de coisa que você quer encontrar. Como expliquei no texto, o hotel ganha pontos por sua localização. Grande abraço.

       
  2. Gostei muito das dicas! Eu nunca estive em Buenos Aires antes e pretendo ir pra lá em Janeiro do próximo ano para passar minha lua de mel! Acredito que as baratas não vão nos afetar muito, nós não somos muito frescos com essas coisas rsrs Mas uma cama confortável muito me interessa! E achei o preço muito bom e isso é importante contando que não estamos com muito dinheiro sobrando! Quando vc foi, vc visitou quais pontos turísticos? E quais você realmente achou interessante e que valeu a pena?
    De qualquer forma, obrigada!

     
    1. Author

      Olá, Rebeca!

      Obrigado pelo contato e, antes de tudo, parabéns pelo casamento e pela lua de mel. Sou um apaixonado por Buenos Aires, e acho que vocês também se encantarão com a cidade. Claro que as baratas não atrapalham o passeio de ninguém, mas achei importante alertar para a existência delas… rsrsrs… Você perguntou a respeito de pontos turísticos mas não disse quantos dias ficarão por lá. Acho que alguns lugares não podem ser deixados de lado, uma rodada pela Avenida 9 de Julho, onde fica o famoso Obelisco, a Casa Rosada (no final de semana é possível entrar na casa sem pagar taxas), o Café Tortoni não pode ficar fora da sua lista de destinos, uma casa de tango (os mais conhecidos são o Señor Tango e a Esquina Carlos Gardel… particularmente achei o segundo mais interessante…), o bairro de La Recoleta, onde fica o cemitério em que Evita está enterrada (falei bairro pois o entorno do cemitério acaba sendo muito mais interessante que o cemitério em si… com ótimos restaurantes, sorveterias, e a feira da Recoleta que acontece nos finais de semana – um dos melhores lugares para a compra de lembrancinhas), a região do Rio da Prata e a Ponte da Mulher (esse passeio vale ir com bastante fome… rsrsrs…), a lindíssima livraria El Ateneo (na Avenida Florida), a feira de San Telmo que rola no domingo (se estiverem por lá), e a Plaza Francia (próxima à Recoleta) onde fica aquela flor de metal (Floralis Genérica) que abre e fecha conforme a época. Se tiver um tempinho, temos duas postagens com alguns detalhes desses lugares nos links http://viveajantes.com.br/index.php/2015/11/03/buenos-aires-para-degustar-e-se-encantar/ e http://viveajantes.com.br/index.php/2015/06/30/mi-buenos-aires-querido/ . Seria bem legal ter seu feedback quando voltar, se gostou do passeio e se as dicas te ajudaram. Ah, por falar em dica, e aproveitando que tocou no assunto “dinheiro sobrando”, não esquente muito a cabeça com o câmbio da moeda por aqui, se você levar reais, consegue algumas cotações bem legais lá mesmo em Buenos Aires, e consegue até mesmo comprar muita coisa em Real. O Peso vale para as corridas de táxi, e algum gasto em mercado. No mais, até os restaurantes acabam preferindo a nossa moeda. Se precisar de mais alguma dica é só nos escrever. Obrigado mais uma vez e grande abraço.

      Ricardo Seripierro – Equipe Viveajantes

       
  3. Esse hotel é simplesmente terrível. Quem elogia o Duomi das duas uma: não deve ter viajado muito na vida e, portanto, tem um padrão baixo de exigência ou só ficou em hoteis baratos e acha que qualquer coisa acima disso é luxo.

    Estive em Buenos Aires em novembro deste ano, em uma viagem de lua de mel, e passamos os dois primeiros dias nesse lugar, que pode ser chamado de tudo, menos de hotel. O local é velho, mal localizado e há anos não deve ter manutenção, pois tanto no lobby quanto nos corredores, o papel de parede é sujo ou está descascando. Ainda no lobby, os sofás estão gastos e rasgados pelo tempo de uso.

    A internet? Esqueçam! O Wi-Fi (com um roteador em cada andar) simplesmente não funciona e quando isso acontece, você tem que dar login o tempo todo.

    Os quartos são grandes e as camas também, mas os papeis de parede são encardidos, revelando a falta de compromisso com a limpeza do local. O café da manhã é simples, mas isso é o de menos, pois é quase que um padrão dos hoteis de Buenos Aires. O problema ali foi ter encontrado, por dois dias seguidos, facas sujas, sem que a gerente do restaurante me desse uma explicação convincente para esse absurdo.

    No banheiro, outra prova da falta de higiene: cortinas de plástico na banheira, com sinais nítidos de bolor acumulado. Além disso, o exaustor não funcionava, o que fazia com que o cheiro de mofo impregnasse o lugar. Era entrar no quarto e já sentir o cheiro maldito.

    Enfim, fujam desse lugar, que além de ter um padrão muito baixo de qualidade, é mal localizado. Ele pode ser relativamente perto da Av. Nove de Julho etc., mas fica na pior região do centro de Buenos Aires, em uma rua muito deserta, embora iluminada.

     
    1. Author

      Alexandre, muito bom seu comentário, embora sua experiência não tenha sido muito boa. Já alertávamos para outras opções melhores na mesma região. Ainda acho que a localização é o destaque, mas quando estive por lá não constatei esse problema com o movimento da rua. No mais, lamentavelmente muitos hoteis em Buenos Aires sofrem do mesmo mal, sem atualização ou manutenção.

      Ainda assim é um hotel com nota entre 3,5 e 4 (de 5) estrelas em muitos sites por aí… vai entender…

      Valeu pela visita e pela participação.

      Grande abraço.

      Ricardo Seripierro – Equipe Viveajantes

       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *