Viveajantes

Porto para se apaixonar

Vou falar mais um pouco de um país que tanto amo, Portugal. Dessa vez vou lembrar o roteiro que fiz em Porto, no norte do país. A cidade é linda e seu sou apaixonada por lá. Quem vai a Portugal precisa se programar para ir até Porto, beber um bom vinho, andar pela Ribeira e comer a tradicional Francesinha.

Eu fiquei dois dias na cidade e foi um tempo bom para conhecer tudo que tinha vontade, mas todo mundo fala que é bem interessante ficar uns dias a mais e visitar as cidades vizinhas de Porto também, na região do Minho, como Guimarães e Braga.

Em Porto fiz aqueles famosos Walking Tour, que a maioria dos hostels oferecem. Geralmente quem faz esses passeios com os turistas é algum morador da cidade que oferece esse serviço para os hostels e pedem somente “o que você puder colaborar” para quem o acompanha. Eu nunca tinha feito esse tipo de passeio, mas achei bem legal para conhecer as histórias sobre pontos importantes da cidade. Mas, é aquele negócio né…. é praticamente um “grupo de excursão” e, como vocês sabem, eu não curto muito ficar “presa” a um monte de gente e não fazer os passeios no meu tempo. Mesmo assim, eu achei valido e se você curte, acho que vale a pena fazer.

XX

x11

Começamos o passeio pela Avenida do Alinhados. Que é linda, com sua Praça central, os belos prédios que a rodeia e a Câmara Municipal.

XXX X1

De lá fomos para a estação São Bento, a estação de trem – os comboios, rsrs – da cidade. Ela é muito bonita por fora e por dentro também. Seu salão principal é todo de azulejos azul e branco. Bem tradicional.

X3 xx12

Continuamos caminhando pela cidade… que tem muitas ladeiras e escadarias (então, é bom ir preparado, rsrs) e, entre uma praça diferente e uma nova igreja – uma mais linda e cheia de ouro que a outra -, fomos parar na Igreja da Sé de Porto, que também é muito bonita.

X7

Como falei, Porto é cheia de ladeiras e escadarias – o que, para mim, faz parte do charme da cidade – então, em muitos pontos do passeio, podíamos parar para admirar um pouco a linda vista para o Rio Douro e a região da Ribeira.

x8

X4

X5

X6

Continuamos andando pela cidade, entre as ladeiras e as casas típicas portuguesas, com roupas penduradas para fora da janela, até chegar à margem do Rio Douro, na Ribeira, um dos pontos mais famosos de Porto, o cartão postal da cidade. E lá é mesmo lindo. Com suas casas colorias, o rio, a Ponte Dom Luís I ao fundo, vários restaurantes e lojinhas, essa região fica ainda mais maravilhosa. É uma delícia ficar um tempo por lá, apreciando a vista e a movimentação. Sem falar que, para completar a delicinha que é o lugar, sempre tem alguém tocando alguma música ao vivo. Quando eu fui, tinha um cantor brasileiro, tocando Bossa Nova. Eu amei.

x8 (1)

x8 (2)

x8 (3)

E, aqui fica uma curiosidade sobre a Ponte Dom Luís I. Ela foi construída por um discípulo do criador da Torre Eiffel, de Paris, em 1886. Com dois andares, um para carro e outro para a passagem do metrô, e também as passarelas para pedestre, ela liga a cidade de Porto à Vila Nova de Gaia, na outra margem do Rio Douro. Sem falar, que vale muito a pena ficar um tempo na ponte, admirando, do alto, o rio e as duas cidades que o margeiam. É muito bonito.

x13

E, nesse dia, ainda fomos na Livraria Lello. Uma livraria super famosa na cidade. Construída em 1906, ela possui uma belíssima escadaria que foi a inspiração para as escadas que Hogwarts nos livros de Harry Potter, de J.K. Rowling. A escritora morou em Porto. (não é permitido tirar foto dentro da livraria).

x9

Nesse primeiro dia também provamos a Francesinha, tradicional comida de porto. O prato é um sanduíche de pão de forma, recheado com linguiça, salsicha, presunto e carne, coberto com ovo meio mole e queijo derretido. Ele vem com molho que leva tomate, vinho, pimenta, entre outros ingredientes. E você pode pedir para vir acompanhado de batata frita ainda. Olha, não foi a comida mais gostosa que provei na minha vida mas, não deixa de ser bom. Vale a pena experimentar. Fomos em um restaurante que o guia do Walking Tour indicou para a gente, mas, o prato é servido em muitooos restaurantes da cidade.

X2 x10

No segundo dia, começamos os passeios atravessando a Ponte Dom Luís I para ir para Vila Nova Gaia, pois é na cidade que ficam as famosas caves do vinho do Porto. Tem muitas opções para você escolher. Como eu amo o vinho do Porto Ferreira, a gente acabou visitando o armazém dessa marca. E foi muito legal. Ficamos sabendo um pouco sobre a história do vinho do Porto, como ele é feito e quais são os tipos. Ouvimos também a história da família Ferreira, que dá nome ao vinho; visitamos os grandes barris onde eles ficam armazenamos e acabamos a visita fazendo a degustação de dois tipos do famoso vinho. Muito gostoso. Ahhh… vale falar que a visita é paga, mas não é muito caro, e tem horários estabelecidos.

x14

x15

x16

x17

Nesse dia, fomos ainda na Igreja dos Clérigos, onde fica a Torre dos Clérigos, que é um mirante famoso na cidade. A torre tem 76 metros de altura e 225 degraus, mas vale a pena subi-los, pois, a visão lá de cima recompensa tudo.

x18 x19

De lá fomos para o Jardim do Palácio de Cristal. O parque tem esse nome porque em 1951 existia um palácio de cristal por lá, inspirado no palácio que havia no Kensingtons Garden, em Londres. Atualmente existe o Pavilhão Rosa Mota, um grande ginásio esportivo. Mas, o parque é bem bonito e gostosinho. Vale a visita para quem gosta.

x20

Em Porto também tem a famosa Rua Santa Catarina, onde ficam as principais lojas da cidade, como a Zara e todas as outras que todo mundo que vem para a Europa ama gastar seus euros. É nessa rua que também fica o famoso Café Majestic. O prédio tem uma arquitetura linda e vale a pena parar e entrar, nem se for só para conhecer.

Para quem gosta de sair à noite uma opção é ir para a Baixa do Porto, onde tem bares e baladas.

Essas são minhas dicas de Porto. Eu amo a cidade e não fiquei outros dias para aproveita-la ainda mais e conhecer Guimarães e Braga (como falei lá em cima) por falta de tempo. Mas, morro de vontade de voltar para essa região de Portugal. Assim como para todo o país, rsrs. Sempre que possível, quero retornar a esse lugar incrível que sempre me recebeu tão bem.

Beijos e aqui ficam os links para os outros textos com dicas das demais cidades que visitei em Portugal… LisboaSintra e Óbidos.

Texto e fotos by Flávia Pigozzi

Acompanhe outras dicas e informações em nosso canal no facebook. Curta #viveajantes. Veja nossa galeria de fotos no Flickr, inscreva-se em nosso novo canal de vídeos no Youtube. Entre em contato, mande suas críticas, sugestões, contribuições via e-mail: viveajantes@bol.com.br . E não perca nossas postagens. Novo conteúdo todas as semanas.

Veja nossa galeria:

O que você achou dessa postagem?
  • As dicas são fantásticas (2)
  • Deu muita vontade de viajar (1)
  • Sensacional (0)
  • Incrível (0)
 

4 comentários sobre “Porto para se apaixonar

  1. Luciana Ferreira Lellis

    Adorei essa matéria sobre Portugal. Realmente da muita vontade de conhecer. Quem sabe no ano que vem!!!

     
    1. viveajantes Autor da Postagem

      Obrigado, Luciana! Realmente, um texto delicioso a respeito desse destino fantástico. Não deixe de conhecer e nos contar como foi. Grande abraço.

       
    1. viveajantes Autor da Postagem

      Obrigado por sua visita, Deliana! Espero que continue nos visitando, tenho certeza que a leitura auxiliará a se livrar totalmente da sua enxaqueca… ;-). Grande abraço.

       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *