Paris e seu lado romântico

Paris não foi o meu lugar preferido na Europa. Na verdade, não está nem nos primeiros lugares da lista. Mas, mesmo assim, achei a cidade incrível, maravilhosa, cheia de luz e muito romântica. Mas, muito romântica mesmo. E acho que esse é o motivo que não amei Paris, pois fui visitar a cidade com um casal de amigo, que já não eram mais só amigos (se é que todos me entendem? rsrsr) E, é pelo fato de não ter amado Paris, que quero muito voltar à cidade. Acho que posso gostar de lá, assim como gosto do país.

 4 - Paris (4)

9 - Paris (9)

Mesmo assim, não posso deixar de admitir que a Cidade Luz é encantadora.

Conheci a cidade guiada por um roteiro feito por uma pessoa que tem família em Paris e sempre vai à cidade. Acho que foi bom, mas vou adapta-lo. Vou dar as dicas de como conheceria a cidade hoje.

Acho que de 3 a 5 dias é um bom tempo para conhecer, pelo menos, os principais pontos turísticos da cidade. E, minha dica é começar o passeio visitando a Torre Eiffel, porque assim, lá de cima, você pode ver toda a cidade e todos os lugares por onde vai passar.

Mesmo sendo possível ver a Torre de quase todos os lugares da cidade, eu realmente de senti em Paris quando a vi de pertinho. Ela é maravilhosa. É super gostoso passear pelo seu jardim e pelas barraquinhas de comida e artesanato que tem por lá também.

13 - Paris

E, aqui vai uma dica importante. Eu não consegui subir no último “lance” da Torre por que já tinha acabado os ingressos. Visitei só o primeiro lance. Só depois fiquei sabendo que é possível comprar o ingresso na internet. Acho que vale a pena ver isso antes.

O passeio na Torre pode ser feito em meio dia. Na outra parte do dia, o turista pode visitar a igreja Sacre Coeur de Montmatre. É só pegar o Metro (próximo à Torre) e descer na estação Anvers. Por lá tem muitas barracas de comida e lojas de souvenir. A igreja é linda e a visão de lá também.

3 - Paris (3)

No final desse dia, é bacana passar no Moulin Rouge. Eu sugiro esse passeio à noite, por que é super iluminado e bonito. Eu só passei na frente, rsrs. Era bem caro assistir um espetáculo. Mas acho que deve valer a pena.

 2 - Paris (2)10 - Paris (10)

No segundo dia da viagem você pode ir ao Arco do Triunfo. Vale a pena subir todos os 284 degraus e ver Paris mais uma vez de cima, toda a Avenida Champs Elyséés, o entorno, a Torre.

Do Arco do Triunfo é possível seguir a pé pela Avenida Champs Elyséés e entrar em alguma loja famosa (pelo menos para ver, por que são muito caras, rsrs). Andando… andando, você chega na Praça Rond Point. Próximo à praça fica o Petit Palais e o Grand Palais (edifícios históricos e museus de arte).

Andando mais um pouco, se chega à Ponte Alexandre III. Muito bonita. E, andando ainda mais um pouco se chega à Place de la Concorde que também fica perto do Jardins des Tuileries (por lá tem dois museus, o Jeau de Paume e Orangerie, eu não entrei e não sei se vale a pena).

É super gostoso fazer todo esse caminho andando. Não é uma caminhada curta, mas um ponto turístico é perto do outro e o tempo passa rápido.

  6 - Paris (6) 12 - Paris (12)

8 - Paris (8)

Ahh, e andando mais um pouquinho, acaba chegando ao Museu do Louvre. Mas, é preciso de, pelo menos, meio dia para visitar o museu. Eu não me programei e não consegui ver muitas obras, mas, eu amei e acho que vale a visita. Achei a Monalisa linda, rsrs.

Ahh e fiquei sabendo também que tem um restaurante muito gostoso lá dentro do Museu. Vale a pena almoçar.

E, ali perto do Louvre fica a Rue de Rivoli, onde há lojas para turistas e perfumarias.

11 - Paris (11)

No terceiro dia (de manhã), você pode pegar o Metro até a estação St. Michel e visitar a Notre Dame de Paris. É Maravilhoso. Por ali fica a famosa ponte dos cadeados e o charmoso bairro Quartier Latin. É o bairro onde os estudantes ficavam. Hoje em dia só tem a Universidade Sourbonne praticamente.

7 - Paris (7) 1 - Paris (1)

Neste mesmo dia, no fim da tarde e no começo da noite, poderá ir até o Jardim de Luxembourg. É muito lindo. É gostoso passar um tempo lá. Fica atrás do Senado Federal.

Não muito longe dali (dá para ir andando também) fica o Boulevard Saint Germain, onde tem o famoso Deaux Margots, um café tradicional, que recebia Jean Paul Sartre e Simone de Beauvoir.

5 - Paris (5)

Para o quarto dia da viagem, eu sugiro ir até o Palais de Versailles. É só pegar um trem que vai de Paris a Versailles. É perto. Achei lindo. Lá você ficará quase um dia todo.

Chegando de Versailles e para fechar a viagem é legal andar de barco pelo Sena, ao entardecer, para ver de noite Paris iluminada. (peguei o barco em um ponto do Sena que fica próximo a Torre).

Qualquer dia que sobrar um tempinho e para quem quiser conhecer, em Paris fica a famosa Galerie Lafayette.

Outra dica importante. Quem tem cidadania europeia ou, pelo menos, visto para morar em qualquer país europeu, não paga para conhecer nenhum monumento (menos a Torre) de Paris.

Eu fiz esse roteiro em quatro dias de viagem. Parando para pensar, hoje acho um pouco corrido e acredito que para aproveitar melhor a cidade o ideal é ficar, pelo menos, mais um dia.

Relembrando a viagem, me deu vontade de voltar à cidade e amar Paris. Afinal, é a cidade do amor. Até logo!!! Beijos.

Texto e fotos by Flávia Pigozzi.

Acompanhe outras dicas e informações em nosso canal no facebook. Curta #viveajantes. Veja nossa galeria de fotos no Flickr, inscreva-se em nosso novo canal de vídeos no Youtube. Entre em contato, mande suas críticas, sugestões, contribuições via e-mail: viveajantes@bol.com.br . E não perca nossas postagens. Novo conteúdo todas as semanas.

Veja nossa galeria:

O que você achou dessa postagem?
  • As dicas são fantásticas (0)
  • Incrível (0)
  • Deu muita vontade de viajar (0)
  • Sensacional (0)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *